Tipos de nomes de domínio

Tipos de nomes de domínio
Set 18, 2021

Já se foi o tempo em que os consumidores compravam apenas em lojas físicas.

Graças à Internet, muitos revendedores fazem a maior parte dos seus negócios online, e as empresas que não utilizam o comércio eletrónico estão a trabalhar para criar uma presença online.

Estima-se que no final do ano, as vendas do comércio eletrónico americano devem ultrapassar meio triliões de dólares, com aproximadamente três em cada quatro americanos fazendo pelo menos uma compra online por ano, sendo que esta tendência acontece em todo mundo incluído Portugal. O crescimento contínuo do comércio eletrónico não diminuirá em nenhum momento no futuro próximo.

À medida que mais empresas ficam online, naturalmente pode haver mais competição por nomes de domínio.  O seu nome de domínio representa a marca do seu negócio online, então vamos aprender mais sobre eles para que possa escolher o melhor domínio para as suas necessidades.

Compreender vários tipos de nomes de domínio

Portanto, se estiver a construir um site , uma das escolhas mais difíceis e cruciais que eventualmente terá de fazer envolve a seleção do nome de domínio ideal para o site.

Escolher o nome adequado – aquele que está disponível, dentro do seu orçamento, amigável para SEO e que ajuda a construir a sua marca pode fazer ou quebrar o desempenho online do seu negócio.

Sabia que existe mais de um tipo de nome de domínio? Antes de procurar um nome de domínio e uma extensão de nome de domínio que estejam disponíveis e sejam adequados à sua marca, é importante que descubra todos os diferentes tipos e entenda a sua aplicação como um todo.

Tudo começa com o domínio certo. Obtenha já o seu hoje.

O que são domínios?

Então, vamos começar com o que é um nome de domínio de site. Na sua essência, um nome de domínio é o que fica entre o sinal de protocolo (HTTP: //) e a primeira barra de um URL ou endereço da web.

Para o URL: https://www.onesoft.pt/alojamento-web-linux-ssd/, o nome do domínio seria: onesoft.pt . O que pode não perceber é que este domínio é um substituto que representa o endereço IP do computador ou do site.

Cada dispositivo que usa a Internet recebe um endereço IP. Esse endereço IP é um identificador distinto atribuído ao dispositivo que não pode ser usado por outro dispositivo simultaneamente.

Para formar um catálogo de endereços virtual rudimentar, os cientistas da computação criaram o Sistema de Endereços de Protocolo da Internet. Atribuíram aos computadores e sites uma sequencia de dígitos exclusiva de 32 ou 128 bits, conhecida como endereço IP, que poderia distingui-los dos outros.

Embora esse sistema inicial funcionasse, ainda era complicado para os cientistas da computação comunicarem-se com eficácia, muito menos para uma pessoa com menos conhecimento de informática. Os cientistas da computação criaram então o sistema de nomes de domínio, por meio do qual os proprietários de sites podiam registar um nome exclusivo que agia como sinonimo ou substituto do endereço IP.

O Sistema de Nome de Domínio (DNS)

Sistema de Nome de Domínio funciona convertendo o nome de domínio num conjunto de caracteres de endereço IP, por meio de um servidor de Sistema de Nome de Domínio. Este sistema está situado em milhões de servidores em todo o mundo, mas atua como uma única base de dados unificada.

Quando escreve um nome de domínio na pesquisa do navegador, o navegador comunica com um servidor de nomes para encontrar o endereço IP que corresponde a esse nome.

Se não especificou uma extensão de domínio, essa solicitação passará por um servidor que classifica pela hierarquia do Sistema de Nomes de Domínio, começando com as extensões de nível superior e, em seguida, avançando na linha. Sem surpresa, isso tornou a web mundial infinitamente mais fácil de navegar, o que incentivou mais pessoas a utilizar seus serviços.

Os nomes de domínio realizam três coisas:

  • Criar uma primeira impressão duradoura: um nome de domínio é a primeira coisa que um potencial cliente verá do seu site e é a interação inicial com a sua marca. Um nome de domínio único ou memorável falará com o que eles querem e ficará gravado nas suas cabeças. Um domínio inadequado, por outro lado, pode afastar potenciais clientes.
  • Define a sua marca: Um nome de domínio pode ser usado para falar instantaneamente com a sua marca, permitindo que os clientes saibam quem é e o que está a vender. Um nome de domínio relevante pode ajudar a identificar aos seus clientes o seu produto, ou um nome de domínio exclusivo pode criar um link que associa o seu nome ao seu produto.
  • Otimiza o SEO: a otimização do mecanismo de pesquisa utiliza palavras-chave para ajudar na classificação do seu SEO. Domínios de correspondência exata não são necessários, mas é útil usar um domínio próximo.

Diferentes tipos de nomes de domínio

Conforme mencionado, existe uma hierarquia dentro do registo de nomes de domínio que distingue os domínios uns dos outros.

Domínios de topo (TLDs)

Em 1985, a Autoridade para Atribuição de Números da Internet (IANA) lançou seis nomes de domínio de topo. Esses domínios de topo (TLD) tornaram-se conhecidos como extensões de nome de domínio e representam o nível mais alto na hierarquia do Sistema de Nome de Domínio. Eles incluem:

  • .com : abreviação de comercial, .com foi o primeiro domínio de topo de uso comum. Embora .com tenha sido inicialmente criado para uso por organizações comerciais, as restrições a isso não eram rígidas. Em meados da década de 1990, .com tornou-se o tipo de domínio de topo mais popular e mais usado para empresas, sites e e-mail.
  • .net: abreviação de rede, .net foi criado expressamente para institutos que participam de tecnologias de rede, como um provedor de serviços de Internet ou uma empresa de infraestrutura. Como com .com, as restrições destinadas a limitar .net para fins de rede nunca foram mantidas e tornou um dos domínios de topo mais populares, com muitos vendo-o em segundo lugar logo depois do domínio de topo .com.
  • .edu: abreviação de educação, .edu foi feito para instituições de ensino. Embora fosse destinado a universidades em todos os lugares, o TLD .edu tornou-se associado apenas a centros educacionais na América. Escolas de outros países usarão .edu em conjunto com seu domínio de nível de país, que discutiremos na próxima seção em baixo.
  • .org : abreviação de organização, .org foi criado para organizações sem fins lucrativos. Como vimos com esses outros domínios de topo, essas intenções muitas vezes não eram mantidas ou aplicadas com o tempo. Atualmente .org é usado como um domínio de topo por organizações sem fins lucrativos, empresas com fins lucrativos, escolas e comunidades.
  • .mil: abreviação de militar, .mil foi criado expressamente para os ramos militares dos EUA. Ao contrário de outros tipos diferentes de domínios de topo, essa restrição ainda é mantida. Agora, é bastante comum que .mil use domínios de segundo e terceiro níveis em conjunto com o TLD .mil.
  • .gov: abreviação de governo, .gov, como .mil, era restrito para agencias governamentais federais americanas e uso de pessoal apenas. Atualmente .gov é usado por agencias governamentais, programas, cidades, estados, vilas, condados e tribos nativas americanas.

Domínios de topo com código de país (ccTLD)

Para distinguir um país de outro, domínios de duas letras foram estabelecidos e associados a países ou localizações geográficas; .uk e .au, por exemplo, representam a Inglaterra e a Austrália, respetivamente.

Quando os ccTLDs foram inicialmente criados, destinavam-se ao registo e uso pelos residentes daquele país, entretanto, alguns países permitiram que terceiros registassem nomes de domínio usando o seu código de país.

Domínios de topo com código de país internacionalizado (IDN ccTLD)

Este era um nome de nível superior com um formato codificado que permite o uso de conjuntos de caracteres não latinos ou outros caracteres especiais.

Domínios genéricos de topo (gTLD)

Os domínios de topo genéricos funcionam como uma categoria de domínios de nível superior no DNS. A partir de agora, existem atualmente 21 domínios de topo genéricos dentro da zona de raiz, que é o nível mais alto da estrutura do sistema de nomes de domínio.

Embora existam mais de 1.500 gTLDs em uso, esses 21 constituem a grande maioria de todos os tipos de nomes de domínio. Eles incluem quatro subcategorias:

  • Domínios genéricos (.com, .net, .org, .info) que podem ser usados ​​para fins gerais.
  • Domínios genéricos restritos (.pro, .biz, .name) que só podem ser usados ​​para os seus fins específicos.
  • Domínios patrocinados (.edu, .gov, .int, .mil, .aero, .cat, .asia, .mobi, .coop, .travel, .tel, .jobs) que só podem ser usados ​​por empresas envolvidas especificamente com essa indústria.
  • Infraestrutura (.arpa) que era um dos domínios de topo originais usados ​​para ajudar com a infraestrutura de DNS.

Domínios de segundo nível

Na hierarquia DNS, os domínios de segundo nível são domínios que seguem os domínios de topo.

Por exemplo, em “Nike.com”, “Nike” é o domínio de segundo nível do domínio de topo “ .com” . Frequentemente, os domínios de segundo nível são o nome da empresa ou fornecedor que registou o nome de domínio com um registador. O nome da marca, nome da empresa ou nome do projeto é o identificador para potenciais clientes.

Além desses domínios gerais de segundo nível, existem também domínios de segundo nível com código de país (ccSLD). Nesses casos, o domínio de segundo nível estará localizado à direita do período; por exemplo, no domínio como “nike.co.ca”, o domínio de topo do código do país é “.ca” e o ccSLD é “.co”.

Domínios de terceiro nível

Na hierarquia do DNS, os domínios de terceiro nível seguem naturalmente os domínios de segundo nível. Podem ser encontrados à esquerda do SLD e costumam ser chamados de subdomínio.

As empresas maiores costumam usar domínios de terceiro nível como identificadores que podem distinguir entre vários departamentos ou partes do seu site.

De modo geral, “www” é o domínio de terceiro nível mais comum. Se uma empresa usa vários domínios de terceiro nível, geralmente referem-se a um servidor específico dentro da empresa.

Registo de nomes de domínios

Existem muitos tipos diferentes de nomes de domínio à espera de serem adquiridos. Mas antes de fazer qualquer coisa com eles, precisa de saber como registar o seu nome de domínio .

Antes de usar um nome de domínio, deve primeiro registá-lo na Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) . ICANN atribui e categoriza diferentes tipos de nomes de domínio e garante que o processo ocorra sem problemas. Para registar um nome na ICANN, deve usar um registador de nomes de domínio, como onesoft.pt .

Depois de selecionar o nome correto e certificar-se de que ele está disponível para compra, precisará enviar as seguintes informações, que incluem:

  • As suas informações de contacto; incluindo nome e sobrenome, informações de pagamento, informações de faturação, endereço físico, número de telefone e endereço de e-mail.
  • O seu nome de domínio desejado.
  • O tempo de registo de nome de domínio escolhido (começando a partir de um ano até ao máximo de 10 renováveis).

Entenda os nomes de domínio para escolher um para a sua ideia

Não podemos deixar de enfatizar o quanto é importante encontrar o nome de domínio certo para si ou para a sua empresa. A importância de ter um bom nome de domínio às vezes pode ser deixada de lado, mas, na realidade, um bom nome de domínio mantém-no na mente de seus clientes e público.

Criação de sites onesoft.pt

Deixe uma resposta